quinta-feira, abril 19, 2007

Há dias e dias e depois há outros dias ainda que não são iguais a estes sem serem lá muito diferentes. E depois ainda há os dias que entram por outros dias adentro e já não sei se hoje é o dia de ontem se foi o dia de amanhã ou se vai ser o de hoje mesmo.

Há dias assim mas nos últimos dias todos os meus dias têm sido um dia diante doutros dias e perdido das diárias que eram as minhas.

É o que dá misturar os dias da gente com os das outras gentes que se nos aparecem à frente.

Gosto, deste dia assim.
Enviar um comentário
Ocorreu um erro neste dispositivo