quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Chuva. Dança. Um de cada vez, um momento de cada vez. Cada um, como cada qual. Sabendo qual o caminho da vida, com certezas - concerteza. O momento, a ser saboreado. Sim, cada um sabendo o seu momento. Há tantas verdades quantas pessoas no mundo - mas isso é para não lembrar. Talvez, às vezes.

Hoje sim, Hoje não, dependendo do momento da pergunta, dependendo da resposta no momento: vida.

Hoje, igual a todos os dias. E tu, onde estás?
Enviar um comentário
Ocorreu um erro neste dispositivo