quarta-feira, abril 27, 2005

Sim, não, talvez... e agora?

O outro blog criado para substituir este não abre. Aparece uma página toda em branco. É chato. "Então, criaste um blog invisível?" Épa, não, consigo-lhe aceder com a pass...

Não me apetece criar um novo de origem e a ideia de que alguém pudesse abrir este de novo sem ser eu deixou-me deveras aborrecida. Filha única, possessiva sim. It seems like destiny, o outro não abrir (claro está, para não dizer burrice minha). Ainda para mais foi uma grande estupidez ter acabado com este, a cena da impulsividade, momento de fúria e raiva... whatever. Sou uma gaja esperta eu, mandei mail para quem me interessava a dizer que este blog tinha acabado e ia abrir um novo em seu lugar e esqueci-me de dizer o endereço do novo. Típico. É o género de coisa que é a minha cara, que é que se há-de fazer?

Bom, impasse por impasse hoje apeteceu-me escrever. Aqui. De modo que lá tive a arrumar a casa, pôr site meter, contador de visitantes, links... essas tretas. Mudei de template. Afinal é e não é...

Agora não sei se hei-de continuar a escrever aqui ou não. Os convites para os contributors habituais já seguiram caminho... Este ou o outro? Não sou indecisa. Não sou. Mas estou. Bom, andando e vendo... nunca me deu muito bom resultado mas depois se vê.
Enviar um comentário
Ocorreu um erro neste dispositivo