quinta-feira, maio 05, 2005

E porque o post

logo abaixo deste relata umas partes desse fatídico dia teve zero (0) comentários, vou continuar o seu relato. Pensei fazê-lo de forma sistémica, extensiva e abrangente, exaustiva até e quiçá em tempo real mas decidi-me (em prol das minhas visitas) em apenas acrescentar um curioso ponto que pode ser considerado porventura uma informação útil a muito utente desta bela zona lisboeta que é campo de orique, vulgo, em sms, c. d'orike. Assim sendo, outro titulo bom para este post seria "utilidade" mas não me apetece mudar aquele até porque se o mudasse tinha que ir direita ao assunto e normalmente até sou boa mas ultimamente tenho tido algumas dificuldades em "get collected", expressão usada por uma amiga que não saberei traduzir nem metade do bem que a entendi. Isto é estranho, poder-se-ia dizer que quando se percebe bem uma coisa, a sua explicação não levantará demasiados obstáculos ao ser transmitida mas não é verdade. Ou em linguagem pseudo-culta, "non vero". Ora o "non" é inglês, o "vero" italiano mas é um facto que têm assim um cheiro alatinesado portanto dá sempre aquele ar pseudo-culto que para os outros pseudos será sempre entendido como culto. Para todos esses pseudos: enganei-vos.

Ora bem, onde iamos nós? Ah, já sei, não iamos, estamos todos sentados. Suponho eu mas como terei maneira de o saber? Poderá por certo haver quem tenha por hábito aceder a este real espaço virtual em outras posições que nem por isso teriam que ser consideradas ortodoxas e eu não saber. Um repto: quem não estiver comumente sentado (comumente existe?) que se acuse ali no link abaixo onde diz "comments", acho eu, mas se calhar diz outra coisa. Tampas e caixinhas não é? Depois vejo, é que o blog foi mudado há pouco tempo por desígnios fatídicos de menina mimada.

Hum... perdi-me outra vez não foi? Como era? Got it, a "utilidade" para os utilizadores desta bela zona, que por acaso é mesmo bela e agradavel menos quando se têm um carro para estacionar e não se pode pô-lo no bolso. Claro que às vezes há muitos meios lugares o que dá vontade de, como disse outra amiga, estacionar metade aqui e a outra metade mais à frente... mas não era isto que eu vos ia contar.

Bom, este post tá a ficar grande demais e isso desanima o leitor que quer coisas rápidas, de fácil consumo, directas ao assunto e outras coisas mais que ouvi numa qualquer aula sobre entretenimento televisivo. Apesar de entretenimento televisivo acho que tem bastante adequação a este espaço blogorístico já que o navegante usual passa de uns links para os outros detendo-se muito pouco em cada blog. Por sorte já consegui pôr os links a abrir noutra página, uma vitória que nem sempre funciona com todos os links apesar de o código ser sempre o mesmo. É estranho mas não tão estranho nem tão grave que me faça perder mais tempo com aquilo.

Ora bem, amanhã porei um post denominado de "utilidades" para tentar contar aquilo que queria contar neste. E se o caro leitor até aqui chegou, os meus parabéns porque acabou de mostrar corajosamente que não é o leitor comum, desinteressado e com fome de rápido e efémero entretenimento. Ainda que isso não lhe tenha servido de muito porque não sabe para já qual a "utilidade" em questão. Gabe-se um pouco ao espelho pela sua persistência mas não se babe já neste momento porque não faz lá muito bem ao teclado.

Um abraço.
Enviar um comentário
Ocorreu um erro neste dispositivo